Nascido nos EUA, criado no Brasil

Um pouco dos bastidores da história da Warren.

Nascimento

Rua Bedford, Williamsburg, NY

Enquanto ao Sul da ilha de Manhattan está Wall Street, mais ao Norte da ilha existe uma região chamada Silicon Alley. Lá, existem empresas que pensam no futuro das empresas financeiras, sejam elas de pagamentos, crédito, seguros ou investimentos. Empresas que constroem produtos, serviços e relações honestas e duradouras com seus clientes. No final de 2014, neste mesmo ambiente, nascia a Warren.

Com a motivação de criar uma plataforma que mudasse o mundo dos investimentos tradicional e que entregasse portfólios sofisticados de forma fácil, democrática e transparente, três amigos se uniram.

André Gusmão, Marcelo Maisonnave, Tito Gusmão e Rodrigo Grundig.

André Gusmão, Marcelo Maisonnave, Tito Gusmão e Rodrigo Grundig.

André, Tito e Rodrigo tinham grande experiência no mercado financeiro (sócios da maior corretora do país), em áreas distintas - Produto, Desenvolvimento e Design. O QG da Warren inicialmente foi construído na sala do apartamento de um deles e o trabalho começou com um longo processo de ouvir os potenciais usuários. Ao final dessa etapa, o volume de dados e informações sobre perfis de investidores, suas demandas e preocupações era gigante. Com isso em mãos, a Warren começou a tomar forma.

Começou então o processo de desenvolvimento. O primeiro protótipo da Warren saiu do forno depois de alguns meses. Era ainda cheio de melhorias a fazer mas, mesmo assim, foi apresentado em uma das maiores feiras de empreendedorismo dos EUA. Entre os projetos de outras 500 empresas, acabou sendo eleito um dos 10 melhores.

Este resultado não só serviu para tirar a Warren do espaço improvisado do apartamento, como para que os amigos saíssem das empresas que estavam e dessem dedicação total em dar vida à Warren.

Enquanto esse movimento acontecia, uma nova rota se abria. Em 2016, entrou em vigor uma nova instrução da CVM no Brasil, permitindo que as gestoras fizessem a distribuição de produtos financeiros sem a necessidade de intermediários. Esta nova instrução permitia tornar realidade o sonho de abrir a Warren no Brasil.

Apesar do caminho já ter iniciado nos EUA, a decisão foi virar o foco para o Brasil, um mercado carente de uma solução de investimento fácil e com relação honesta com usuários. Assim, em 2016, o time da Warren desembarcou no Brasil. E para completar o time de fundadores, chegou o quarto membro, Marcelo Maisonnave, co-fundador da maior corretora do Brasil e conhecedor como poucos de todas as engrenagens do mercado financeiro brasileiro.

Por que “Warren”?

O mundo de investimentos vivia cercado de soluções quadradas e distantes, mas nós queríamos que ele fosse mais agradável e pessoal. Por isso, surgiu a ideia de criar uma plataforma que conduzisse as pessoas em uma jornada guiada por um “mentor automatizado”. Como se fosse um amigo que entende tudo sobre investimentos, ajudando no passo a passo. Claro que, se a proposta era realmente essa, a plataforma precisava ter o nome de uma pessoa.



Rua Warren, Nova York, NY

Foi então que, na busca pelo nome perfeito, a caminho do trabalho um dos fundadores estava cruzando a esquina da Warren Street em Nova York e viu a placa "Warren ST". Pronto, ali estava decidido, ali foi batizado.

Quem somos

A história da Warren não é escrita apenas pelos seus fundadores, da mesma forma que não é representada apenas por algoritmos, fórmulas e códigos. Somos um time de mais de 100 pessoas, todas dedicadas a fazer a Warren acontecer.

E fazer a Warren acontecer vai além de ajudar as pessoas a investirem bem, de forma fácil. Fazer acontecer é criar uma experiência alinhada e transparente, que ofereça realmente os melhores produtos, com muita tecnologia, mas com atendimento humano e competente.

Somos a representação de um conjunto de pessoas que, com muita paixão, constrói e entrega a Warren diariamente.

Comece agora

Rentabilidade, segurança e transparência.
O jeito mais fácil de investir bem.

Simule já