É seguro?

A Warren está dentro das mais rigorosas normas do mercado financeiro brasileiro.

Regulações e normas

A Warren é uma corretora, gestora e administradora. É autorizada e regulada pela CVM, Banco Central e Anbima. Entenda o que são essas instituições.

CVM

CVM

A Comissão de Valores Mobiliários fiscaliza, normatiza, disciplina e desenvolve o mercado de valores mobiliários no Brasil. A Warren é uma gestora e administradora credenciada e fiscalizada pela CVM. Você pode conferir essa informação procurando por Warren Brasil no site da CVM.

Veja o Warren no site da CVM
CVM

Anbima

Anbima

A Anbima é a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais. Associados e aderentes devem seguir os códigos de melhores práticas do setor, o que traz mais um nível de regulamentação e qualidade.

Veja a notícia da adesão do Warren
Anbima

Banco Central

CVM

O Banco Central do Brasil regula e supervisiona as atividades das instituições financeiras. A Pilla Corretora de Valores, corretora da Warren é devidamente regulamentada pelo Banco Central.

CVM

Onde fica o seu dinheiro?

Com o custodiante de cada um dos produtos que você investe. Por exemplo, nos fundos de investimento da Warren, o custodiante é o Santander.

O que é custódia?

Custódia é a guarda dos títulos e valores mobiliários. Seria como aquele seu cofre seguro e secreto onde você deixa seus pertences mais valiosos.

O custodiante, então, é a instituição financeira que faz a guarda dos títulos e valores depositados em nome dos investidores, garantindo a sua propriedade. Para exercer a função de custodiante, a instituição precisa ser autorizada pelo Banco Central do Brasil.

E se a Warren fechar?

A Warren é uma corretora, gestora e administradora. Não é a Warren que emite os produtos nos quais você investe e nem é ela que faz a custódia de fundos de investimento.

A custódia de fundos de investimento da Warren é no Santander. Por isso, caso ocorra qualquer problema na Warren, seus ativos continuarão custodiados na instituição financeira custodiante. Fundos de outras gestoras que a Warren oferece têm custódia no Bradesco e BNY Mellon.

Sobre garantia: em renda fixa, os títulos públicos são garantidos pelo Tesouro Nacional. Já os títulos de renda fixa privados têm a garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito). Caso as instituições que custodiam os seus investimentos fechem, você recebe de volta até R$250 mil por CPF em cada instituição, em um limite total de R$1 milhão.

Comece agora

Rentabilidade, segurança e transparência.
O jeito mais fácil de investir bem.

Simule já